Home » Slider »

UFU | Balbúrdia em números

Iniciamos hoje, 08 de maio de 2019, uma campanha para demonstrar à população de Uberlândia e região quais são os retornos sociais propiciados pelos investimentos públicos em educação na Universidade Federal de Uberlândia. Essa série tem o intuito de explicitar a grandiosidade do impacto da universidade para a sociedade. Frente aos ataques do governo Bolsonaro e do ministro da educação Abraham Weintraub, reiteramos a defesa intransigente da educação pública, gratuita, de qualidade, laica e socialmente referenciada.
 
A primeira estrutura a ser abordada na série “UFU – Balbúrdia em números”, do SINTET-UFU, será o Hospital de Clínicas de Uberlândia (HC-UFU), que hoje conta com 505 leitos para atendimento ao público, divididos em: internação, terapia intensiva, urgência e emergência, ambulatórios e centros cirurgicos. É apenas com leitos estruturados e com tecnologia que o HC-UFU consegue atender à população unicamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS) com qualidade e excelência. Defender o HC-UFU é defender a Universidade Federal de Uberlândia.
Você sabia que o Hospital De Clínicas de Uberlândia (HC-UFU) serve hoje como referência em atendimentos de média e alta complexidade para 86 municípios?!
 
Além disso, o HC-UFU realizou, em 2018, atendimento para 358 municípios de 23 estados brasileiros. Os principais estados atendidos foram: Minas Gerais com 204 municípios e 429.801 atendimentos; Goiás com 44 municípios e 706 atendimentos; São Paulo com 36 municípios e 195 atendimentos; Bahia com 12 municípios e 135 atendimentos; Paraná com 11 municípios e 22 atendimentos e, ainda, Rio Grande do Sul com 10 municípios e 17 atendimentos.
O Hospital De Clínicas de Uberlândia (HC-UFU) realizou, em 2018, mais de 2 MILHÕES de atendimentos à população brasileira, totalizando 1.381.000 milhões de atendimentos em média complexidade e 150.476 mil de atendimentos em alta complexidade. Esse número abrange desde atendimentos ambulatoriais, pronto socorro e internações.
Sabe aquele/aquela médico/médica que te atende no Hospital De Clínicas de Uberlândia (HC-UFU)? Existem grandes chances de que sejam médicos formados, que fazem residência na UFU e são remunerados através de bolsas de incentivo à qualificação. São quase 300 pessoas que aprimoram e especializam sua prática profissional através do estudo em residência no HC-UFU.
 
Além dos profissionais da medicina, o Hospital de Cínicas de Uberlândia (HC-UFU) conta, ainda, com o desenvolvimento profissional e acadêmico de 148 residentes multiprofissionais de diversas áreas, como Enfermagem, Psicologia, Nutrição, Fisioterapia, Serviço Social, dentre outras. A equipe multidisciplinar do HC-UFU é responsável pelo atendimento com excelência à toda população de Uberlândia e região que, via Sistema Único de Saúde (SUS), depende dos serviços prestados pelo Hospital.
O HC-UFU têm em seu quadro de trabalhadoras e trabalhadores 3302 profissionais de diversos campos da saúde. São profissionais que, por diversas ocasiões, trabalham sob forte pressão com a ausência de insumos e materiais necessários para realizar suas funções, mas que ainda assim não deixam de exercer seus ofícios com a mais alta qualificação e dedicação para melhor atender a população que chega ao Hospital com necessidade de cuidados. A preocupação frente ao futuro incerto do HC-UFU na mira dos corte na educação pública afeta todo o funcionamento do Hospital, uma vez que é certa a precarização no ambiente de trabalho para todas essas trabalhadoras e trabalhadores.
Defender as trabalhadoras e trabalhadores do HC-UFU é defender a Universidade Federal de Uberlândia.
O HC-UFU foi responsável por cadastrar 130 pesquisas no ano de 2018. Junto dessas pesquisas, foram realizados 27 eventos com a participação de 7.912 mil pessoas de diversas áreas da saúde e população interessada. Essas pesquisas são responsáveis por aprofundar, dinamizar e aprimorar diversas técnicas terapeuticas, cirúrgias e preventivas.
O HC-UFU e o Hospital do Câncer de Uberlândia realizaram 26.400 mil quimioterapias no último ano. Esse número é muito significativo, uma vez que o tratamento oncológico oferecido por essas instituições é totalmente gratuito para a população de Uberlândia, região e de todo o país que vêm até nossa cidade realizar esses tratamentos.
O HC-UFU foi responsável por cadastrar 130 pesquisas no ano de 2018. Junto dessas pesquisas, foram realizados 27 eventos com a participação de 7.912 mil pessoas de diversas áreas da saúde e população interessada. Essas pesquisas são responsáveis por aprofundar, dinamizar e aprimorar diversas técnicas terapeuticas, cirúrgias e preventivas.

Iniciamos a apresentação do Hospital Veterinário da UFU (HV-UFU), que tem 40 anos de existência e constitui um importante centro de referência no atendimento especializado para animais domésticos, animais silvestres e animais de produção.

No “Histórico do Hospital Veterinário da UFU de 2018” foi levantado o número de 13.514 consultas durante todo o ano.

No último ano o HV-UFU realizou 3456 cirurgias. Muitas das cirurgias realizadas pelo Hospital fazem parte do projeto de extensão “Controle Populacional de Animais de Estimação, pelo método de Esterilização Cirúrgica em Uberlândia-MG”. Anualmente são realizadas, em média, 1500 cirurgias desse tipo.

 

 

O HV-UFU realizou, em 2018, 29.474 exames laboratoriais em animais domésticos, silvestres e de produção. Além desse tipo de exames, são realizadas consultas/retornos, cirurgias, transfusões de sangue, raio-x, ultrassonografia, ecocardiograma, necropsia, histopatológicos, citopatológicos e vacinação preventiva que, em 2018, totalizou um número de 54.189 procedimentos.

Defender o HV-UFU é defender a Universidade Federal de Uberlândia.

 

8 de maio de 2019