Home » Notícias » Mundo »

Ato em defesa da educação acontece em Uberlândia

Foto: Guilherme Gonçalves

Por Guilherme Gonçalves

Ontem, 30, foi realizado mais um ato em defesa da educação pública. Com concentração no campus Santa Mônica da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), estudantes, docentes, técnicos-administrativos e trabalhadores de vários setores marcharam até a praça Ismene Mendes.

Com faixas, cartazes, balões coloridos e carro de som, os manifestantes demonstraram pelas ruas da cidade toda a sua insatisfação com a política educacional do governo federal. O presidente Jair Bolsonaro fez cortes no orçamento das universidades federais, e na educação básica, anunciada em campanha eleitoral como prioridade de seu governo.

Pior ainda, utiliza sua ação para forçar a reforma da previdência, ao anunciar que se a “nova” previdência for aprovada, os cortes na educação serão revistos. Assim, a população insatisfeita tem saído às ruas para resistir e garantir a educação pública de qualidade. Pelas avenidas João Naves de Ávila e Floriano Peixoto, os presentes no ato buscaram mostrar a população todos os malefícios que as políticas governamentais trarão para a população, principalmente, a classe trabalhadora e os mais pobres.

Na praça Ismene Mendes, mais pessoas se incorporam ao movimento e endossaram a resistência contra os ataques. Movimentos estudantis, de classe, sociais e de luta expuseram ainda seus anseios para um país melhor e mais justo.

31 de maio de 2019